Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vísceras e outros ventres

Preciso de uma poesia
Que seja a desorganização de algumas palavras
Produzindo milhares de cores e raios cromáticos
Tingindo todo o universo
Pintando os seus sonhos em tons arco-íris

Dessas cores brotem os sons
Os tons, os acordes
As escalas sonoras preencham Dante

Sejam viscerais, tenham gosto de sangue
O sangue dos sonhos
Exploda e explodindo
Deixe tudo rubro
E daí venha o fogo

Que queime o teu corpo
Que o teu sangue fique quente
 Na tua carne ele fervilhe
Corra e desmantele
Derreta-se nos meus braços

Dissolva qual o tempo para os amantes
Quais reações erupcionais
Exploda novamente
Dissolva-nos
Reconstrua
Recomece outra poesia

Deijair Miranda
Enviado por Deijair Miranda em 29/08/2005
Código do texto: T45886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deijair Miranda
Pojuca - Bahia - Brasil, 41 anos
116 textos (5514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 07:00)