Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR PSICÓRDICO DE ADÉLIA PRADO

       Continha teu amor o ar tristonho
das cousas rotineiras
Um par de fronhas antigas
onde você bordou nossos nomes
com pontos cheios de suspiros

Querias o amor eterno
meu eu prisioneiro
os pés acorrentados
                as algemas das almas gêmeas

Havias planejado
envelhecermos juntos
nossos corpos enterrados juntos
na paz dos campos gerais
à sombra de um umbuzeiro
árvore sagrada
sempre verdejante

Eu queria o velo de ouro
andar outras terras outros mares
a carteira de aventureiro
o andejar vagamundo o amor
inconseqüente e passageiro












Talis Andrade
Enviado por Talis Andrade em 17/02/2005
Código do texto: T4591
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Talis Andrade
Recife - Pernambuco - Brasil, 69 anos
42 textos (3976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 19:28)