Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz de Uma Criança

Noutros meus tempos a mesa estava pronta, a valsinha tocava,
Os olhos se olhavam e a música tocada irradiava paz.
Nesses tempos a fila andava ao som do amor da cantoria,
E as crianças rolavam e ralavam-se na rua lá de trás.
E viva o Judas do poste da esquina da padaria
Viva o gato que berrava sua dona, tal dona Chica...
Essa brincadeira velha de puxa e estica.
Outro dia lembrei a velha que me dava bala no pé da igreja,
Viveu sua história na cabeça que se tornou lembrança,
Viveu ali sua herança...
Hoje peço um tempo que seja inteiro,
Um tempo sem pressa, que me interessa,
Pra dançar a valsa da minha infância
E morrer na paz de uma criança.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 19/03/2014
Código do texto: T4735704
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Paz, amor, esperança, sexo, criança). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
766 textos (55659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 09:51)
Jose Carlos Cavalcante