Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Ponte que nos faltou...

A Ponte que nos faltou...

Há muito, olho para essa ponte...
E até hoje, juro que não conseguia
entender o porque, do fascínio
que por ela fui tomado...
Mas, alguma coisa lá no fundo
do meu íntimo, ela tinha conseguido despertar...
E confuso... Muito confuso,
eu não conseguia identificá-la...
No entanto, hoje,
antes que eu me pusesse a questionar,
ela subitamente,  começou  a brilhar...
e a brilhar de um modo muito especial...

E sempre, quando a poesia entra em mim,
  sua imagem, meu bem, entra  junto.
E tudo...  Tudo vai se encaixando...

É que entre nós, naquela época,
havia se interposto uma fenda...
Fenda essa, que foi o  percalço
que nunca soubemos suplantar...

E hoje, mais amadurecido,
vejo que o que nos faltou naquele
 tempo foi uma ponte como essa...
Brilhante e ofuscante.
Mas construída sobre os pilares
do perdão e da renúncia...
Rebocada com o cimento da humildade...
Disposta por sobre  o rio formado
pelas águas barrentas do nosso orgulho,
da nossa intolerância e do nosso ciúme doentio...
e por fim, pintada com a cor do amor...
do nosso amor...

Agora sei porque ela me tocou tanto assim,
ela foi a ponte que um dia  nos faltou...

João de Assis
Enviado por João de Assis em 19/02/2005
Código do texto: T4754
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João de Assis
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 70 anos
15 textos (1442 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:31)