Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deus da Destruição

A cada passo que você der, a cada olhar esnobe que você fizer, eu sou vítima.Vítima do seu amor estrangulante e da tua boca sedenta de veneno.
As palpitações do relógio e os cronometrados segundos do coração, eu sinto, faz tempo que eu não te vejo se esconder atrás das pessoas.
Você foge da tua fúria, dos teus descasos com a vida, você sente medo em estar com alguém?
Você acha que é o Deus da destruição mas a única coisa que consegue destruir é você mesmo.
Se você pudesse ver o que vejo, ver-se-ia em ruínas, os destroços de uma guerra não vencida, onde você só consegue perder tempo.
Palavras soltas ao vento e cheiro de sangue podre são suas características principais. Você é cego para seus problemas casuais e não consegue se decidir sobre sua religiosa sexualidade.
Você não quer mais ser o Deus da destruição?
Então desista de sair correndo e caia até bater a cara no chão e sentir o teu corpo dolorido e cicatrizado te flagelar.
Juliano Rossin
Enviado por Juliano Rossin em 07/09/2005
Código do texto: T48269
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juliano Rossin
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
64 textos (3953 leituras)
1 e-livros (8 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:35)
Juliano Rossin