Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUSCA

Eu buscava o fogo,
Ambicionava ao amor,
Que cria e que destrói,
Que é riso e é dor.

Eu buscava um sinal,
A minha estrela, o meu guia.
Alguém que fosse vida,
Que fosse carne, fosse magia.

Mas o fogo não me queimou,
Mas o sinal eu não o vi,
E o corpo que sonhava
Não fui eu que o descobri.

Que sentido tem agora a procura?
Qual a estrela que brilha no céu?
Eu estou louco e a minha loucura
É o meu amor nunca ter sido meu.

9 de Janeiro de 1992
Vitor Dengucho
Enviado por Vitor Dengucho em 05/12/2004
Reeditado em 13/11/2011
Código do texto: T507
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitor Dengucho
Portugal, 42 anos
18 textos (6994 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/16 21:19)