Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Menina maluquinha


São Pedro, quem é esta menina que ali vem chegando,
alegre, feliz, cantando e dançando?
Vá lá, verifique e volte rápido pra me dizer,
Estou curioso e preciso saber...

Ande rápido, São Pedro, vê o que ela está fazendo assim,
Subindo e descendo nas nuvens como em montanha russa,
Juntando os anjinhos para o Halloween,
Pintando seus rostos de fada, gnomo e de bruxa...

Olha só, ela não para quieta um instante, tá sempre agitando
Fazendo piruetas, flics, spacattos, olha só o que ela fez,
Ao menos me diga de onde ela vem, pois a vi falando
inglês, escrevendo português e cantando em francês.

Ela é bem agitada, menina maluquinha,
Sempre aprontando, faz coisas que até eu duvido,
Os anjinhos já estão dançando a dança da bundinha,
Que ela ensinou, e isto Eu não permito...

Ela é bem magrelinha, mas com corpinho de atleta,
Quem é esta menina, lourinha, bonita e elegante,
Que, com charme, tudo transforma em festa,
E que a todos cativa, em questão de instantes?

Vá logo, São Pedro, e volte correndo pra me contar
Porque ela veio para o céu tão cedo,
Pois me parece que da vida ela não tinha medo
E, acima de tudo, era amada e sabia amar.

Olha, Senhor, achei a sua ficha, mas foi por um triz,
Seu nome é Elisa Mignone, amiga de Francisco de Assis,
Que fez questão de requisitá-la, por não poder mais
Cuidar sozinho de seus tantos e queridos animais.

Apesar de só ter dez aninhos, tem bastante experiência,
Em sua casa montou uma clínica, não é lero-lero,
Ensinou o Rambo e a Lady a se portarem com ciência,
E todas as noites rezava, pedindo pela volta do Zero.

Ela é bem organizada, usa até o computador,
Faz relatórios, anota tudo em fichas,
E gosta tanto, tanto, de todos os animais,
Que cuida com carinho até de lagartixas...

Ela gosta de flores, de bromélias, da natureza,
É amiga de suas amigas, de todas as crianças,
Sempre viveu com alegria, em tudo vendo beleza,
Deixou muita saudade e boas lembranças.

Do Anchieta a mais antiga lobinha, com ótima imagem,
E fez do “melhor possível” a sua missão;
Veio recomendada pelo Padre Selvagem,
E de todos os amigos que amou de coração.

Bem, Pedro, de tudo isso Eu sempre soube e quis assim,
A minha direita ela se sentará, quando estiver parada,
Por isso Eu a trouxe tão cedo para junto de mim;
Para que todos saibam o quanto ela é por Mim amada.
LHMignone
Enviado por LHMignone em 22/09/2005
Reeditado em 05/10/2013
Código do texto: T52673
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1319 textos (200092 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:25)
LHMignone