Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cacos de Cristais

Sonhei! Fui ao mais alto pique da minha imaginação
Contornei todos os sentimentos que desabrocharam
E da mais elevada cruz, me atirei aos pés do amor.

Plantei, reguei, adubei com o sal da terra e do mar
Desejei! Esperando a raiz brotar, florescer e dar frutos.
Reguei mais que pude com lágrimas do meu pranto.

Na esperança em vestir véu branco de noiva sorridente
Vestiram-me com véu preto da viúva triste e pálida
Entristecendo a alma, acanhando o ritmo de um cântico.

Tentei voltar, reencontrar meu caminho ensolarado.
E o dia se fez noite de eterna solidão e amargura
A esconder-me a luz do meu próprio coração

Dias incertos sobre a negridão fria e sem afeto
Fizeram-se meus lábios gelados, orvalhados de tortura.
Quebrou-se o cristal! Fez-se poesia em minha mão.


   Branca Tirollo
limaodoce
Enviado por limaodoce em 25/09/2005
Reeditado em 10/10/2008
Código do texto: T53582
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
limaodoce
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
147 textos (10352 leituras)
4 áudios (215 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:28)
limaodoce