Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mimo

Supus, perante o espelho
prepus, sem acordar direito

Doravante denomino mimo,
o carinho que te faço

teu choro como beicinho e
mordo a língua com teu jeitinho
Silvestre Neto
Enviado por Silvestre Neto em 26/09/2005
Código do texto: T53968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Silvestre Neto
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
22 textos (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:22)