Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Num existir

Num existir


Voa um pássaro ao seu chamado
e faz-se alegria...era esperança.
De súbitos sonhos fui aclamado
pelo insípido calor, leve avança.

E vontades são laços lançados,
no espaço, no olho a desejar...
A força e o medo desamparado
grito tão alto, a purificar...

Por que condenado se torna um homem?
Quando o sagrado se faz existir.
E dele se arranca carne e sangue
e delírios são frases, entre aqui.

Boa vida! Minha Princesa.
Encarto sua alma neste vendaval
E vedes, não somente me faço tristeza
é que na tormenta se faz o real.

Certo dia uma força enfraquece
e não mais se esquece de relembrar.
Que um livro de escrita que tece
 espalha em ti o eterno amar.

 



 





 


 

Camper
Enviado por Camper em 26/09/2005
Reeditado em 13/05/2011
Código do texto: T53969
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camper
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
70 textos (1949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:48)
Camper