Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

não, não conheço...

não conheço a vida,
não conheço minha própria vida
nem a dos outros,
não, não conheço...
às vezes a vida são os meus cabelos
especialmente quando se tornam rédeas
no galopar impiedoso dos amantes;
ou são os meus lábios
onde quer que busquem
o sabor de pele e de beijos
ou se atormentem, intensos,
em sorver, sequiosos, o melhor veneno;
ou são meus peitos,
meu ventre,
meu arquear suplicante
de incursões mais fortes;
ou são definitivamente os meus pêlos,
relva e orvalho,
auxiliares febris
em atropelo
à porta do santuário
Valéria Bernadete Tutti
Enviado por Valéria Bernadete Tutti em 03/03/2005
Código do texto: T5563
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Bernadete Tutti
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
3 textos (182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 08:43)