Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde de pescador

O sol morre na serra
Refletindo seu brilho na água
Árvores formam montanhas
Pescadores  cantando suas mágoas

Parece solitário mas não é
Há cantos vindos de todos os lados
A garça branca voa desconfiada
Piaba samba no bico do mergulhão alado

Uma brisa fria navega lenta
Junto ao barqueiro suado e melancólico
Com o remo corta a água barrenta
E a saudade da morena formosa

Morena de olhos castanhos
De boca doce como o mel
A esperar pelo regresso do barqueiro
Tarde da noite já estrelas no céu.

Juraci de Oliveira
www.jurainverso.com.br
Pirapora MG
Juraci Oliveira
Enviado por Juraci Oliveira em 02/10/2005
Código do texto: T55748
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juraci Oliveira
Pirapora - Minas Gerais - Brasil
90 textos (7879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:47)
Juraci Oliveira