Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem destino

Minha rota aponta para
onde meu nariz se vira
fico sempre perdido
sem saber se viro
ou se sigo, se miro
ou desviro

Meu barco sem leme
teme, segue em frente
nem sempre sabe chegar
carrega emoções
e sentimentos
até onde consegue
flutuar

Se vôo, vou de leve
pra onde o ar quente me leve
e me enleve
não alço vôos
muito altos
onde minhas asas
podem se queimar

Se caminho,
vou só, sem mapas
pergaminhos
sem destino
percorro distâncias
cada vez maiores
entre sonhos e
pesadelos

Rogério Viana
Enviado por Rogério Viana em 04/03/2005
Código do texto: T5695
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Viana
Curitiba - Paraná - Brasil, 67 anos
190 textos (43220 leituras)
2 e-livros (8634 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/16 21:03)
Rogério Viana