Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem da alma

Meu coração veleja em calmos mares
na sua embarcaçao, sem risco à proa.
E assim é um capitão de rota boa,
sempre vivendo em todos os lugares.

Mas sente a falta das ondas ofensivas,
do mar bravio, da rota pertubada,
com extravio de trilha já traçada,
para singrar novos mares, à deriva.

Meu coração não é aventureiro,
mas gosta de viver como um guerreiro,
um viajante com o dom de conquistar...

Por isso a calmaria lhe incomoda,
e se a rota que deseja a vida poda,
resta-lhe o sonho para velejar.
Marcos Maia
Enviado por Marcos Maia em 09/10/2005
Código do texto: T58208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Maia
Brasília - Distrito Federal - Brasil
49 textos (2511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:02)