Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirinto

Meus olhos
na imensidão
d´outro oceano
se perdem
distantes
no arco (da) íris.
Meu coração
ex- cravejado
de saudade
na pulsação
bruta das dores
se dilata.

E as horas
passam...
sobre mim
Elas sempre
vem e vão
como marés.

Eis o mistério
de todo ser
preso em si mesmo
num labirinto
a abrir portas
e buscar saídas.
Eis a sentença
a ser cumprida
de vir ver a vida
do lado de fora
e achar-se por dentro
em algum sentido.
Heldemarcio
Enviado por Heldemarcio em 10/10/2005
Código do texto: T58350

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Heldemarcio
Recife - Pernambuco - Brasil, 54 anos
48 textos (1430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:36)
Heldemarcio