Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O domador de palavras

Ah! a palavra,
essa incógnita misteriosa
quando permanece (o)culta
cheia de caprichos
teima em ser arredia
Morando dentro de nós
sem ter compromissos.

A palavra
passeia pela mente
displicentemente fulgidia
não se mostra através da voz
ou da laboriosa escrita
Mas, às vezes grita louca
noutras, chora aflita.

Dura palavra
quase nos (inter) fere
quando se manifesta
num toque em nossa pele
ou no brilho de nosso olhar
Ela vive a nos incitar
nessa busca incessante.

Outra palavra
ocupa o lugar vazio
da que não comparece
entremeando a obra
como matéria (que) prima
Em plena composição da arte
que nunca se finda.
Heldemarcio
Enviado por Heldemarcio em 10/10/2005
Código do texto: T58353

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Heldemarcio
Recife - Pernambuco - Brasil, 54 anos
48 textos (1430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:44)
Heldemarcio