Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inventos do Silêncio

Quando tudo o mais
É silêncio
E o sono chega
Incerto e lento
Invento:

São falas sem vozes
Vozes sem falas
Corpos sem gestos
Gestos sem corpos
Movimentos.

Quando tudo o mais
É silêncio
Dançam os fantasmas
Desatentos.
Rocio Novaes
Enviado por Rocio Novaes em 06/03/2005
Reeditado em 08/03/2005
Código do texto: T5858
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rocio Novaes
Curitiba - Paraná - Brasil
203 textos (55087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:31)
Rocio Novaes