Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Súplicas



Deixe-me andar por muito tempo
nesta busca pelo infinito anelo
até que as minhas forças fraquejem
e a luz do sol, que é tão clara
escureça em minhas retinas

...e sentir minha distância
nos espelhos distorcidos
e ouvir minhas passadas
silenciando estradas
como uma estranha solitária

Deixe-me aqui, esquecida
que me abrigo no silêncio
esqueço-me nos instantes
em que ainda tinha meu nome
minha história,
minha face!
Cirlene Fernandes
Enviado por Cirlene Fernandes em 12/10/2005
Código do texto: T58981
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cirlene Fernandes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
10 textos (488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:12)
Cirlene Fernandes