Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos da alma!

Fecho os olhos e imagino você
Sentado embaixo do Ipê,
Nossos desejos ultrapassam o real
Seu corpo junta-se ao meu e nessa junção
Há o desejo das nossas almas serem únicas
O beijo é doce como o gosto da canela
Nossas línguas movimentam-se sincronizadas,
E nesse sincronismo, exalta-se à vontade do corpo!
Suas mãos tocam meu corpo, como se tocassem uma melodia.
Que de tanta harmonia, entrega-se.
O tempo sentou para apreciar esse amor
Nossas almas encontram o prazer com precisão
Os gemidos ocultos da carne se faz presente
Chegamos juntos a plenitude das nossas almas
E descansamos abraçados embaixo do Ipê.

Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 15/10/2005
Código do texto: T59833

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:20)
Poetisa de Gaia