Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Erótica

    Eu amo o despertar dos teus sentidos
    O furor das tuas coxas, os vendavais
    Que misturam a tempestade do teu corpo
    Relampejando o meu

    No furacão alucinado dos teus beijos
    Com a suficiência de nos afogar
    Sou o rio que transborda os desejos
    De se perder no mar

    Assim se abrem portas amorosas
    Como um grito desesperado de eternidade
    Em doação de corpos desmembrados
    De pudores e de falésias

    Deixo-te entorpecer os meus sentidos
    E sinto dilacerar-te por inteira
    Com a força impiedosa dos abraços
    E carícias imorais

    Talvez por ancestralidade animal
    Talvez por implosão motriz
    Talvez para suportar a vida-mágoa
    Talvez ternas lembranças no amanhã .-
Jose Balbino de Oliveira
Enviado por Jose Balbino de Oliveira em 22/08/2007
Reeditado em 05/10/2007
Código do texto: T619311

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Balbino de Oliveira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
413 textos (180855 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 10:19)

Site do Escritor