Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema sem motivo


Não tenho motivo pra escrever
Os versos que vão chegando
Tanto "mal criado" com o papel
E até grosseiro com a tinta
Não tenho motivo...

Simplesmente a folha em branco
Um rabisco alegre, ou tristonho
Daquele que criancinhas fazem
Nos primeiros anos do saber
Cobrem todos os motivos
Que eu poderia ter

Às vezes me sinto chateado
Se tenho que escrever motivado
Quero escrever sem motivo
Encher um livro de rabiscos
Imitando as criancinhas
Que estão sempre presentes
Aqui e acolá

Escrevo como eu vivo
E quando vivo eu escrevo
Enquanto vivo escrevo na memória
Muitas coisas alcançam a folha
E nem sei o motivo que provoca
Só imagino se me tornasse criancinha
E voltasse a fazer travessuras
Com a liberdade toda
De contá-las em casa.
troclone
Enviado por troclone em 23/08/2007
Código do texto: T620297
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
troclone
Toledo - Paraná - Brasil, 43 anos
371 textos (14043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:28)