Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Humanidade

Na rua sem luz,em meio a sarjetas
Um corpo infantil se cobre de letras
Seu grito sem som de fome suplica
Um pouco de pão ,sonhá-lo evita.

A mesa está posta de farta comida
Vazia de gente, vazia de vida
Nos quartos imensos não há moradia
O corpo está cheio a alma vazia

Com falsos prazers,com tolos desejos
Perversos,malvados destroem a sí mesmos
Os homens são cégos de olhos sadios
Só pensam em sí mesmos aos outros são frios

Gastam fortunas por vida na lua
Enquanto na terra há vidas na rua
Cínicos homens de egoismo fatal
Esposam o bem,amantes do mal

Séculos pasam,mil coisas mudam
Em nome da fama Os ricos ajudam
Pedindo a outros a paz mundial
Que imagem hipócrita,que superficial

Grandes herois mudaram a historia
Apenas seus filhos cantaram vitorias
Porem digo,inutil sangue derramado
Se o coração humano não for mudado.





Delavrigny
Enviado por Delavrigny em 22/10/2005
Código do texto: T62043
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delavrigny
São Paulo - São Paulo - Brasil, 11 anos
5 textos (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:10)
Delavrigny