Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DE MISERICÓRDIA


Tem poemas que eu cometo
Fosse o verso um suicida
Na sacada da minh’alma
Fosse a rima uma saída

Tem poemas que eu cometo
Fosse a fala a bala (e abala)
Fosse um tiro, fosse um rito...
Fosse um grito que não cala

Tem poemas que eu cometo
Barbitúricas palavras
Hemorrágicos sonetos

Na aridez da mente escrava
Tem poemas que eu cometo
Muito além do que pensava...

Dalila Langoni
Enviado por Dalila Langoni em 22/10/2005
Código do texto: T62213
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dalila Langoni
Estados Unidos
102 textos (6277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:16)
Dalila Langoni