Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MEMÓRIA




Busco nos cantos brumosos
de meu passado distante
lembranças bem escondidas
por nuvens negras e densas.
Entre raios luminosos
encontro a minha saudade
que retraída se mostra
molhando os campos da vida.
Chora o tempo, choro eu.
Entre nós uma vidraça
que reflete a tristeza
daquilo que já não lembro.
Chora a chuva lá na rua.
Chora a chuva no meu rosto.
O meu coração sangrando
já nem sabe porque dói.
Memória, triste memória.
você guardou bem oculta
Toda a dor do meu passado.
Mas não guardou  toda mágoa.
que um dia senti na vida.
Hoje choro sem lembrança
do que derramou meu pranto.
Mas sei que um dia a memória
voltará com toda força.
Mas aí terei chorado
o que tinha que chorar.
e rirei do meu passado.


 
Maria Olimpia Alves de Melo
Enviado por Maria Olimpia Alves de Melo em 24/08/2007
Reeditado em 26/02/2008
Código do texto: T622155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para http://marilim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Olimpia Alves de Melo
Lavras - Minas Gerais - Brasil
1107 textos (322944 leituras)
1 e-livros (258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:30)
Maria Olimpia Alves de Melo