Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resposta para "Dúvida, alguém me ajuda?? "

"O ódio destrói o amor
ou o amor destrói o ódio"
(Fábio Heinen)

No repente nordestino:
======================

O ódio é mal esquisito,
companheiro do ciúme
não têm cor nem tem perfume
é renegado e maldito.
Mas vou dar meu veredito:
ódio não destrói amor!
Com a força superior
o amor destrói o ódio
e a união vai ao pódio
com toda glória e louvor.

Em forma de soneto:
===================

Pra que pensar que o amor se fragiliza
quando se foi amado de verdade.
O amor resiste por uma eternidade
mesmo existindo dor, se realiza.

Um grande amor na vida se eterniza
enraizado mais e mais que a amizade.
Às vezes uma esperança, uma saudade,
às vezes uma paixão que humaniza.

As forças que assombram o episódio
de um amor, é o ciúme e o ódio,
que fere, marca, maltrata, dura e doi...

Mas o amor amado é resistente,
mesmo sofrendo irá seguindo em frente,
pois, pra quem ama o amor é o herói.




Marcos Maia
Enviado por Marcos Maia em 22/10/2005
Reeditado em 22/10/2005
Código do texto: T62423
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Maia
Brasília - Distrito Federal - Brasil
49 textos (2511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:03)