Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÚLTIMO SOL

há nuvens
o último sol
se põe
há chuva
e as poeiras
se acalmam
há nada
e o sol
desperta
cheio de vergonha
sem graça
o último sol
do meu despertar
pode ser que amanhã
não exista mais sol
ou haja sol
e eu não exista mais
há nuvens
e o que não há mais
são incertezas
muito menos
lembranças
do último sol
em mim
EDUARDOS POETA
Enviado por EDUARDOS POETA em 27/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T625570

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDUARDOS POETA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
30 textos (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 19:11)
EDUARDOS POETA