Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vou tentar... sem você

Vou tentar... sem você
 (Valdir Cremasco)

Quando a chuva, de mansinho começou a cair,
trazendo para a noite de meu coração,
mais tristezas e nostalgia, ele, meu coração desacelerou...
Pois percebeu naquele momento que você não mais viria.

Então fechei as portas, fechei as janelas, apaguei as luzes...
Lá fora cessou o barulho de carros,
os boêmios pararam com a cantoria...
a chuva também parou... parou lá fora,
mais aqui dentro do peito parece uma enxurrada....
E por mais água que jorra,
essa enxurrada não consegue apagar sua imagem, seu sorriso.

Vou deitar-me, tentar dormir e sonhar,
quem sabe o sonho que eu sonhar seja com você!
Mas como dormir se minhas mãos querem acarinhar sua pele?
Se minha boca esta sedenta de seus beijos?
E se meu corpo todo está ávido de seus carinhos?

Mas tenho que tentar dormir...
Eu preciso tentar dormir...
Então... dormir eu preciso,
Vou tentar...
Sonhar talvez!
Dormir eu preciso...
Mas sem você...
Valdir Cremasco
Enviado por Valdir Cremasco em 28/08/2007
Código do texto: T628187

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Cremasco
Campinas - São Paulo - Brasil, 65 anos
212 textos (34167 leituras)
9 áudios (752 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 12:42)
Valdir Cremasco