Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homicídio

Matei outra personagem
Poeticamente inerte
Na campa de celulose
Sem nenhum remorso

Assino e dato
O homicídio
Culposo? Doloso?
Simplesmente sádico!

Como as crianças
Que brincam de matar
Formiguinhas

Mato e deixo vestígios
Publico o corpo ensangüentado
Nego! Culpo o imaginário
Por meu comportamento verbal.
Paulo Marques
Enviado por Paulo Marques em 31/08/2007
Código do texto: T632202
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Marques
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
50 textos (19834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 05:57)
Paulo Marques