Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRISÃO

me sinto aprisionado
em mim
sem poder voar
sem poder sair
posso apenas pensar
me sinto preso
dentro deste corpo
que parece pequeno
diante a imensidão
do que sinto
do que penso
algemado em meu quarto
sentado em meu sofá
roendo minhas unhas
olhando o mundo
me sinto preso
sem poder gritar
e se grito
ninguém ouve
se despenco na imensidão
ninguém vê
e este corpo
tão pequeno
e eu preso
dentro de mim
EDUARDOS POETA
Enviado por EDUARDOS POETA em 02/09/2007
Código do texto: T634954

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDUARDOS POETA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
30 textos (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 17:03)
EDUARDOS POETA