Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem

Tempo que já passou
E que saudades deixou
Lembranças na memória
Compondo minha história.

Quando ao passado vou
Para entender quem sou
A minha mente procura
E fica um tanto obscura.

Quando retorno ao presente
Algo se faz ausente
Como faltasse uma parte
No que seria uma arte.

Ao imaginar o que vem
Só penso o lado do bem
Pois o que fiz está feito
E sempre haverá um jeito.

Se pecados existiram
E porventura influiram
Virtudes também demonstrei
E hoje confesso que sei.

Da vida nada quero levar
Já que não sei aonde estar
Apenas quero deixar
Lembranças para quem ficar.

Hoje já não mais receio
O nada a existir no fim
Pois sempre usei como meio
A verdade como o meu sim.
Augusto Canabrava
Enviado por Augusto Canabrava em 25/10/2005
Reeditado em 08/08/2007
Código do texto: T63627
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Canabrava
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (10684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:14)
Augusto Canabrava