Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTRE CARDUMES E BARBATANAS

Notícias cortam meus tímpanos
Brigas entre seres que se intitulam
Da mesma espécie
Pessoas se definem como espertas
Porque levam vantagem
Usam alicates pra extorquir seus semelhantes
A confiança que era uma bala doce
embrulhada num papel escrupuloso
hoje é apresentada, assinada, carimbada
em documentos fraudulentos
princípios já não estão mais ativos
salve-se quem puder desses rompantes
ainda mais quando for em seu próprio quintal

Eu já bailei e caí no chão
na dança do Ali-Babá
só que lá em casa era sem os quarenta ladrões
se apresentaram só dois

mas hoje mais rápida
possuo no olhar um canivete
pra cortar as más intenções
coloco na rede os tubarões
corto as barbaTanas

No demais assobio e chupo cana
teço a vida
certa de que ela não ficou mais doce
mas ainda tem um gosto mascavo
e não mais me escravizo com um final
do qual graças a deus não sou mais parte
afinal
Helena Istiraneopulos
Enviado por Helena Istiraneopulos em 04/09/2007
Código do texto: T638682

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Istiraneopulos
Estados Unidos, 46 anos
256 textos (19206 leituras)
2 áudios (240 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:56)
Helena Istiraneopulos