Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Relance...

O cimo do céu me invade
me torna em horizonte
procuro achar meu olho
o rumo de minha fronte
além desse azimute
o largo que me rodeia
é largo que o largo perde
em passos que não campeiam .

Silêncio envolto em bruma
velado sem se expandir
dormente em todo lado
zunindo sem se ouvir
relato de letra morta
disforme e encantado
presente e afastado
bulindo sem se bulir.

Me corta, e embriagado
procuro outra vez ouvir
olhar não sei pra que lado
o lado que o som vai vir
e qual silhueta torta
procuro e não vejo porta
não há o que se abrir.
Marco di Aurélio
Enviado por Marco di Aurélio em 27/10/2005
Código do texto: T64288
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco di Aurélio
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
6 textos (358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:20)