Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM POUCO...

POR FAVOR, UM POUCO DE PRAZER !-
CLAMA O MENDIGO-
NÃO QUERO O SEU DINHEIRO.
SÓ DESEJO SABER O QUE FAZER
PARA NÃO MORRER DE TÉDIO.

UM POUCO DE ATENÇÃO!
POR QUE NINGUÉM ME ESTENDE A MÃO?
LEDO ENGANO O MEU!!!

UM POUCO DE AMOR!
POR FAVOR! POR FAVOR!
POR QUE NINGUÉM ME OUVE?
PERCEBE: SOU HUMANO,
MEU CORAÇÃO DESEJA AFETO.

UM POUCO DE VOCÊ!
UMA VOZ, UM TOQUE,
UM DISCURSO DIALÉTICO.

UM POUCO DE MIM!
POR FAVOR, NÃO ME DESUMANIZE....
NEM ME DÊ MOEDAS...
DIZ-ME, ESSE É MEU FIM?
TENHA COMPAIXÃO DESSA ALMA,
POBRE ALMA, QUE SE ENREDA!
Ângelo Lupo
Enviado por Ângelo Lupo em 08/09/2007
Reeditado em 12/03/2014
Código do texto: T643807
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ângelo Lupo
Brasília - Distrito Federal - Brasil
119 textos (3279 leituras)
1 áudios (22 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 14:01)
Ângelo Lupo