Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino certo!

Dia de inverno.
Muito frio!
e o  vento
Cantando atrás das arvores
Parece tristonho lamento

Chove e trovejam, chispas irradia
Parecem buris de um gravador portento
O fogo escreve frases sentidas
Através da distancia, num pulsar lento
No fundo escuro azul do horizonte
Correndo rio, pulando monte

Hácate que forjas?
Essas centelhas quentes que se arrojam
Rubras no éter e na transparência opaca
Da minha vida e do meu momento.

E a chuva que despenca em cataratas
Como sons de tristíssimas baladas
Tamborila nos vidros da minha vidraça
marcas profundas do meu peito.

Eu me fecho e vejo em  ti!
Kia
Enviado por Kia em 13/09/2007
Reeditado em 08/12/2011
Código do texto: T650176

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Kia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kia
Itapema - Santa Catarina - Brasil, 65 anos
106 textos (7652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:04)
Kia