Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Grades da solidão"

.
Busquei a felicidade como animal faminto
E agora acuado, numa armadilha da desilusão
Queria não sentir o que sinto
Queria nem ter coração

Porque ama tanto meu coração
E ama tão errado
Que por vezes me encontro assim
Como animal ferido, e acuado
Enjaulado nas grades da solidão

Busquei noutras noites, noites eternas
E me emaranhei entre outras pernas
Buscando como louco fugir da saudade

E só me dei conta que sofria
Quando percebi que minha alegria
Se desfazia numa noite repleta de falsidade

Varley Farias Rodrigues
Varley
Enviado por Varley em 13/09/2007
Código do texto: T650196

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Varley Farias Rodrigues). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Varley
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
127 textos (5457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:21)
Varley