Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida de Criança

As crianças da minha rua brincam
E eu de longe as observo brincar
São alheias ao tempo
E que tempo e para quê tempo?
Se a vida é infinita
E o importante é nos amar.
As crianças da minha rua discutem,
Uma quer ficar com a bola
A outra não quer ser João bobo,
O bobo da vez,
Mas elas são felizes
Chateiam-se e se perdoam
Num passe de mágica.
Ah!!! As crianças da minha rua esperam o Papai Noel
E mesmo pobre ele sempre chega!!!
Elas acreditam em Papai Noel!!!
Ele é gordo, tem barba e cabelos brancos,
Tem uma roupa vermelha
E anda sempre de trenó...
As  crianças da minha rua
Tomam banho de chuva
E nem se preocupam com resfriado
Também nem tem importância
Um simples resfriado
Se a algazarra é muito boa...
As  crianças da minha rua
Andam descalças,
Sobem em árvores,
Andam á cavalo sem sela,
Gritam, pulam, choram, sorriam.
As  crianças da minha rua
Sabem viver e vivem bem
Preciso brincar com elas
Para ver se vivo também...
Willian Figueiredo
Enviado por Willian Figueiredo em 13/09/2007
Código do texto: T650545

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Willian Figueiredo
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
47 textos (1822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 21:25)
Willian Figueiredo