Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No fim do oceano

No fim do oceano
maria da graça almeida

No fim do oceano,
o vento é mais ameno,
os dias são serenos,
o sol já se casou.
A chuva repentina,
rendada e cristalina,
em malha frágil, fina,
o céu aveludou.

No fim do oceano,
a lua não se cansa,
a hora vive em dança,
a prece nasce mansa,
a fé se eternizou.

No fim do oceano,
retiro, prevenida,
a nota mais sentida
da voz de uma oração.
Por sábio ou cego engano,
às dores não me entrego,
nos dedos perco os anos,
no tempo estranho as mãos.

No fim do oceano,
preparo o meu sorriso,
relego a razão,
renego o juízo...
componho esta canção.
maria da graça almeida

maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 13/03/2005
Reeditado em 18/03/2005
Código do texto: T6507
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:36)
maria da graça almeida