Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corrente

O coração tem boca,
que fala quase rouca,
de tanto gritar;
O coração te chama,
enquanto pulsa clama,
sua voz no ar;
O coração tem dentes,
que arranca-te urgentes,
pedaços de nós,
Meu coração tem canto,
que pede quase em pranto,
ouve a minha voz.
O coração soprano,
que num agudo profano,
de um gagueijar tenor,
Diz, coração tem boca,
Que fala quase rouca,
Vem salivar de amor.
Fernanda Valencise
Enviado por Fernanda Valencise em 15/09/2007
Código do texto: T653229

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernanda Valencise). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Valencise
Recife - Pernambuco - Brasil, 39 anos
100 textos (3030 leituras)
3 áudios (77 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 23:22)
Fernanda Valencise