Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IN-VERSO

Hoje me pediram um verso.
Hoje,
que estou nua ao re-verso.
E o re-verso
É o repetir de um verso.
Hoje
só posso dar
um verso que já fiz.
Hoje
Não sou poeta.
Poetas não andam nus.
Não vestem azul.
Não amam na chuva.
Não cantam junto com o rádio.
Hoje
não me peça um verso.
Hoje
Vivo em horizonte submerso.
Linha funda feita em giz.
Hoje
desinvento palavras
ou reinvento as que já fiz.
Amanhã
Quando ele me cantar em prosa,
voltarei a ser rosa
murcha, estendida no chão.
Amanhã
me peça um verso.
Amanhã
Estarei ao in-verso.



Fabiana Esteves
Enviado por Fabiana Esteves em 16/09/2007
Código do texto: T655541

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fabiana Esteves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fabiana Esteves
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
9 textos (157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:08)
Fabiana Esteves