Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORRE UM POETA

Uma árvore morre quando murcham seus galhos;
Um homem morre quando seu cérebro pára;
Um poeta morre quando deixa de amar.
Sua inspiração se vai junto com a mulher amada
Junto com ela também vai sua capacidade de amar
Só resta o sofrimento e a dor
E qualquer coisa escrita
Só conterá amarguras.
Por isso morre hoje um insigne e réles escritor.
Anju Sonhador
Enviado por Anju Sonhador em 17/09/2007
Reeditado em 03/04/2008
Código do texto: T656049

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gilberto Gonçalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anju Sonhador
Campinas - São Paulo - Brasil, 59 anos
54 textos (2773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/17 04:08)
Anju Sonhador