Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

desencanto



De repente, o silencio...
pesado,
eternizado no espanto!

O ar se fez
denso
tenso
fugidio...

queimando a pele
desliza o pranto
miserável

inexorável
no rumo torto
do desencanto
sara caravaggio
Enviado por sara caravaggio em 17/09/2007
Código do texto: T656324
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
sara caravaggio
Astorga - Paraná - Brasil, 116 anos
13 textos (734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:15)
sara caravaggio