Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FESTA

Para Daniela Pesset Gonzaga

“Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima.”
Apocalipse 7,16-17

Eu já sabia que tu vinhas.
Fiquei te esperando
asa em riste,
e não aceitei
que viesses triste.
Era festa no meu peito.
O sol se abriu
e tu sabes o porquê.
Era pra ti.
As nuvens dissolvidas
de poucos desenhos
no azul.
Tudo pra ti.
A melodia que compus
há tantos anos
atrás
pra ti
tocando
incessantemente,
mas dócil,
no teu ouvido,
feito sussurro.
Eu sei
o que deixastes
para trás, e
leio perguntas
tantas
escritas
no teu olhar perdido,
mas entendo.
Tu não sabes
ainda
que não é mais
preciso
procurar,
que não haverá
mais lágrimas
dores
vazios
anseios
ou melancolia.
E vais lembrar
de todas as vezes
em que chamaste por mim.
Eu estava aqui,
te esperando,
olhando de longe.
Aguardando
paciente
este momento.
Não era segredo
que eu te amava.
Mas hoje,
custe o preço
que custar,
nada será melhor
do que te tocar
e ouvir da tua boca
deste dia em diante
para sempre
que tu me amas.
Assim como
EU
sempre te amei.

Fabiana Esteves
Enviado por Fabiana Esteves em 17/09/2007
Código do texto: T656996

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fabiana Esteves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fabiana Esteves
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
9 textos (157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 06:02)
Fabiana Esteves