Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Vôo das Falenas

O vôo das falenas é a Ternura em movimento...
Vendo-lhe a suavidade, sonha o homem
Quimeras pueris que o inebriam e consomem,
No desejo desesperado de jamais despertar...

No sonho tudo é concreto, nada é onírico...

Mas é na incerteza do acordar que se depura
A Razão, prostituída e travestida de loucura,
Incapaz de abarcar o sonho de uma criança,
Incapaz de antever e crer, de ter esperança...

Para a Razão tudo é relativo, nada é concreto...

Que sabemos nós do vôo das falenas?
Razões mil, milhões de centenas... uma apenas?
Apenas uma razão para o vôo das falenas!
O vôo da Alma... o vôo da Vida... Razão esquecida...

Basta-me à concretude o sonho de voar...
Marco Aurélio Leite da Silva
Enviado por Marco Aurélio Leite da Silva em 20/09/2007
Reeditado em 27/12/2007
Código do texto: T660266
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Leite da Silva
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
106 textos (51220 leituras)
1 áudios (38 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:03)
Marco Aurélio Leite da Silva