Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda que eu te ame

Verei o sol a cada manha mais belo
Serei poeta das estrelas
andarilho por entre teus sonhos
Ainda que eu te ame


Lerei teus lábios a cada gota de meu sonhar
Banharei-me ao mar
Cantarei a dor mais triste
Serei como o eterno aprendiz de teus mistérios
Ainda que eu te ame


Correrei todos os perigos para navegar por teus abraços
Beijarei todas as flores em todos os cemitérios
Te revelarei todos os meus segredos
Cavalgarei por todos os jardins
Ainda que eu te ame
Percorrerei o grande abismo em busca de paz
Desafiarei o inferno além
Beberei o néctar da chama da paixão
Sonharei tua inocência servida a cada por do sol
Ainda que eu te ame


E ainda que eu te ame
Sorrirei como criança
Farei poemas à lua e falarei a todos os profetas, padres e poetas da mulher mais bela
De teus negros cabelos , de teu silêncio e de meu amor
Ainda que eu te ame


Andarei pela chuva
Caminharei solitário à procura de teu sorriso
Farei de todas as noites sinfonias de eternos amanheceres
Ainda que eu te ame


Ainda que eu te ame
Ainda que tu não me ames..
Lcambará
Enviado por Lcambará em 21/09/2007
Código do texto: T662263

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lcambará
Camaquã - Rio Grande do Sul - Brasil, 40 anos
17 textos (1801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:38)
Lcambará