Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poeta, esse Narciso!



O poeta narcisa seu talento
nas águas cristalinas da poesia,
onde se afoga em catalepsia
e diviniza o seu pensamento.

Faz do espelho a musa do momento,
e do momento se desfaz, poema!
Rouba O guerreiro branco e Iracema,
e toda aluz que há no firmamento.

O poeta narcisa seu talento
porque sua alma vive, à revelia,
de habitar o espelho noite e dia
a refletir todo seu fingimento.
Messias
Enviado por Messias em 01/11/2005
Código do texto: T66232
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Messias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
8 textos (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:03)
Messias