Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FÉ DE TEMPORAL

Conheço a banda fétida da vida.
Senti seu cheiro tosco, vi seu rosto morto.
Percebi sua compleição onipotente,
Ao dominar a mansuetude do escasso,
Enquanto fazia de mim um tanto indigente,
Mesmo antes de seu podre abraço.

Distingo a peça aterrorizante dos impostores.
Capto sua alma escura, ouço seu rugido calado.
Creio que padecem por deficiência da cor,
Essa que clareiam todos aqueles que são,
Os que utilizam de suas vistas pra ver,
E vem beleza até onde os belos não estão.

Ainda assim prosseguem os improdutivos.
Esses que não acrescentam, nada constituem.
Sei que residem na desgraça desatenta,
Na ausência de sagacidade e fria agudeza,
Dos ingênuos que indagam a beleza,
E esvoaçam aleluias aonde dura a hipocrisia.

André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 21/09/2007
Código do texto: T662350

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:43)
André um Jerico