Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER ACEITÁVEL

Vejo um galope de poesia em sua marcha racionada.
Quatro patas em uma animália de par de pés trôpegos.
Propõe pose poética pra curar-se do prosaico.
Admite-se Jerico velho de orelhas e veias sem tosa e prosa
pra não enxergar-se - ser aceitável - porque o incomoda.

Leio uma estrada de chão sem curvas em seu lombo torto.
Assisto uma reta linha asfáltica em seu corpo curvo.


Quando Jerico: teia
Quando homem: aranha.
Ambos em linhas ou estradas sem acostamento e placas.
Como Jerico a estrada é vala de escoamento.
Como homem é a linha saída de emergência.

www.ideiadejerico.com
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 02/10/2007
Código do texto: T677715

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:42)
André um Jerico