Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM E HOJE

ONTEM EU PENSAVA
SER SOMENTE UM MENINO
DE SONHOS INGÊNUOS,
SENTIMENTOS SEM MALÍCIA
QUE SÓ QUERIA VIVER
UMA VIDA TRANQUILA
SEM RESSENTIMENTOS
E OS DESCASOS DA POLÍTICA
SEGUINDO A TRILHA
DO MEU PRÓPRIO CORAÇÃO
DE CAMISETA, BERMUDA
E FRASE DE PROTESTO,
MOCHILA NAS COSTAS
E LIVRO NAS MÃOS
FAZENDO UM ACORDE MAIOR
NO MEU VIOLÃO

E ASSIM CANTAR A POESIA
QUE TODO POETA
UM DIA SONHOU CANTAR
E ASSIM ENCANTAR A VIDA
QUE ME APERTA
O PEITO E ME FAZ SONHAR

MAS HOJE ACORDEI
E SÓ ENTAO ME DEI CONTA
DE QUE O MENINO DE ONTEM
HOJE NÃO ACORDOU
SOMENTE OS SEUS SONHOS
PERMANECEM VIVOS
NO DESEJO MAIS ÍNTIMO
DO HOMEM QUE HOJE SOU
JÁ NÃO SIGO A TRILHA
MAS AINDA ESCUTO A CANÇÃO
AS MINHAS ROUPAS
JÁ NÃO SÃO AS MESMAS
MAS FAÇO PROTESTOS
COM O SUOR DE MINHAS MÃOS
QUE INSISTEM EM TOCAR
UM ACORDE NO VELHO VIOLÃO

E ASSIM CANTAR A POESIA
QUE TODO POETA
UM DIA SONHOU CANTAR
E ASSIM ENCANTAR A VIDA
QUE ME APERTA
O PEITO E ME FAZ SONHAR
Igor José
Enviado por Igor José em 04/10/2007
Código do texto: T680003
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Igor José
Itaperuna - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
12 textos (493 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:21)