Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tortura (Poética)

Que perturbação!
A insônia me tomou a noite adentro.
Me furtou o sossego pacífico dos lençóis.

Atentou contra mim palavras conjuntas,
conceitos, metáforas, rimas,
idéias inteiras me impediam de continuar.

Resisti até o limite do cansaço,
o calor das palavras me subia pelas pernas.
Gemi! era um verso.
Gritei uma estrofe!

Resisti até o limite do cansaço,
mas nesta noite pereci. Poeta.
Bruno Madureira
Enviado por Bruno Madureira em 04/10/2007
Código do texto: T680659
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Madureira
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
2 textos (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 00:06)
Bruno Madureira