Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acesso de alegria


Amanheci de quina pra lua
Braços frouxos e cara lavada.
Querendo novidades, fui pra rua
Com cara de aparvalhada.
 
Tinha na face um riso plástico,
Pensamentos alguns, distantes.
Não era ali do tipo clássico;
Lunática talvez sem atenuantes.
 
A rua era pouco, o infinito talvez
Pra curar outro acesso de rebeldia;
Não espantava mais minha nudez
Em cada esquina havia nova folia.
 
O que eu não sabia era da hipocrisia
Que rondava as falas da multidão
Tomados de pavor pela minha alegria;
Envenenavam às escondidas meu coração.
 
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 06/10/2007
Código do texto: T683528

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (56489 leituras)
25 áudios (3275 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:04)
Angélica Teresa Almstadter